Este espaço foi pensado para divulgar e discutir a Cidade de Ipu/CE de uma forma bem espontânea, através de crônicas, causos, versos, além de opiniões e comentários diversos, tanto do autor, quanto dos nossos visitantes. O blog IPU EM CRÔNICAS E VERSOS, embora com muita humildade, busca também promover as peculiaridades do Nordeste através do cordel, uma das expressões mais originais de nossa cultura. Sejam todos bem-vindos! (Ricardo Aragão)


17 de setembro de 2012

AQUI SE FAZ... AQUI SE PAGA!

..
NÃO HÁ JUSTIÇA MAIS CERTA!






  
Nossa terra tão querida
Tem andado envergonhada,
Triste, feia, abandonada,
Mancando e muito ferida.
Terra mal defendida.
Leiloada e sem oferta.
Assombrada e em alerta.
Mas não é luz que se apaga.
Aqui se faz. Aqui se paga!
Não há justiça mais certa!

Houve dia de esperança
Num certo tempo passado.
Se acreditava um bocado
Que o bom tempo se alcança,
Com progresso e importância.
O coração chega aperta!
Pensando: agora se acerta!
Mas essa verdade naufraga...
Aqui se faz. Aqui se paga!
Não há justiça mais certa!

Quem gosta de seu lugar,
Jamais o deixa esquecido,
Capenga, desvanecido.
Nunca deve relaxar.
E por esse torrão lutar,
Com a paixão que desperta,
Dessa gente bem esperta.
E essa verdade propaga.
Aqui se faz. Aqui se paga!
Não há justiça mais certa!

Há muito que se falar
E nem precisa esconder.
Basta só virar pra ver
E começar a reparar,
Pra logo se desejar
Nossa cidade liberta
Da nuvem que a encoberta,
Pavimentando tal fraga.
Aqui se faz. Aqui se paga!
Não há justiça mais certa!




Ricardo Aragão
Ipu/CE, 17.09.12










Fonte da imagem:






.