Este espaço foi pensado para divulgar e discutir a Cidade de Ipu/CE de uma forma bem espontânea, através de crônicas, causos, versos, além de opiniões e comentários diversos, tanto do autor, quanto dos nossos visitantes. O blog IPU EM CRÔNICAS E VERSOS, embora com muita humildade, busca também promover as peculiaridades do Nordeste através do cordel, uma das expressões mais originais de nossa cultura. Sejam todos bem-vindos! (Ricardo Aragão)


8 de abril de 2010

OUSADIA DO POETA

.








Olhando o nascente sem barra na linha,

Pedimos por chuva no nosso sertão.

Água boa do céu pra molhar nosso chão

E a fertilidade pra nossa terrinha,

Que sente saudade da água que tinha

No poço, no açude, no riacho e no ar.

Do jeito que vai, onde vamos parar?!

Pelo visto o poeta se precipitou.

Pois o mar em sertão não se transformou.

Quem dirá o sertão transformar-se no mar!





Ricardo Aragão
Ipu(CE), Abril/2010




Fotografia
(Faz.Boris - Ipu/CE):
Ricardo Aragão




.

4 comentários:

Dalinha Catunda disse...

Olá Ricardo,
Você segue os passos dos poetas do sertão que cantam suas tristezas em versos.
Infelizmente, enquanto o Ceará padece com falta de chuva, aqui no Rio de Janeiro sofremos com a intensidade dela.
Parabéns pelas postagens e por movimentar mais seu blog.
Carinhosamente,
Dalinha

José Rodrigues Freire disse...

É primo, temos que refazer nossos pedidos ao GLORIOSO SÃO JOSÉ. Um grande abraço
Zefreire

Malu Mourão disse...

Ricardinho, quanta saudade!

Veio-me à memória quando a Esc. José lourenço estava em reforma, alugaram uma casa no Quadro da Igrejinha. E para facilitar e com seu espírito de bondade,a Dona Loudinha fez uma classe na casa de Seu Bitião(na época ela morava lá.) E esta classe era a minha. Não sei se vc lembra, pois se já era nascido, era muito pequenininho.

A classe era justamente naquela parte da esquina.

Beijos de sdaudades.
Malu

Anônimo disse...

Se não me engano, o poeta (que não foi ousado coisa nenhuma) fez dum problema a inpiração pra um belo galope á beira-mar. Me corrijam os entendidos no assunto. Parabéns Ricardo.

Marcelo Campos
Ftz