Este espaço foi pensado para divulgar e discutir a Cidade de Ipu/CE de uma forma bem espontânea, através de crônicas, causos, versos, além de opiniões e comentários diversos, tanto do autor, quanto dos nossos visitantes. O blog IPU EM CRÔNICAS E VERSOS, embora com muita humildade, busca também promover as peculiaridades do Nordeste através do cordel, uma das expressões mais originais de nossa cultura. Sejam todos bem-vindos! (Ricardo Aragão)


20 de janeiro de 2010

FESTA DO REENCONTRO

.

BENITO DI PAULA E MONARCO EM IPU


Por Ricardo Aragão




Benito di Paula e seu piano de calda




A Associação dos Filhos e Amigos do Ipu – AFAI, promove anualmente duas festas com o intuito de congregar os ipuenses e amigos de Ipu. Uma festa é realizada em nossa cidade e a outra na capital do estado, Fortaleza, onde reside a maior comunidade ipuense fora da terrinha.

As Festas do Reencontro da AFAI já se tornaram tradicionais e neste ano de 2010 foi realizada a 14ª edição deste tão agradável evento de filhos e amigos de nossa cidade.

A Festa do Reencontro do último dia 16.01.2010, foi simplesmente inesquecível e contou com uma fantástica estrutura, graças ao imprescindível apoio da Prefeitura Municipal de Ipu, do Governo do Estado do Ceará, do SEBRAE e também da AILCA - Academia Ipuense de Letras, Ciências e Artes.

A cada ano as Festas do Reencontro vão se tornando mais atrativas e ganhando sempre mais freqüentadores, que vêm de todos os cantos do Brasil e até do exterior para as Festas de São Sebastião, o santo-padroeiro de nossa cidade e, aproveitam para desfrutar também da Festa do Reencontro, não por acaso realizada durante os festejos da igreja, e que já faz parte do calendário festivo de Ipu.

E pensar que tudo começou há menos de uma década, quando um pequeno grupo de amigos em torno de um banco da Pracinha do Quadro da Igrejinha, em Ipu, fazendo uso de um violão, uma flauta e algumas cervejas, prepuseram: que tal fazermos este encontro todos os anos durante as festas do Mártir Santo? Foi ali, o começo de tudo!

Hoje, a Festa do Reencontro se tornou um evento imperdível para os ipuenses e amigos de Ipu que, literalmente, festejam encontros e reencontros, renovam laços de amizade, fazem novos amigos, alegram-se e deleitam-se com belas músicas interpretadas por artistas locais (que, modéstia à parte, no Ipu tem muitos), mas também por atrações de fora, como ocorreu nesta 14ª festa, que, além dos artistas ipuenses, contou com as presenças de nada menos que: Benito di Paula, Monarco e a Velha-Guarda da Portela. Foi fantástico!



Benito di Paula


Monarco e a Velha-Guarda da Portela



Com shows de quase duas horas cada, a noite de sábado do dia 16 de janeiro de 2010, foi a mais animada e marcante de todas! E tudo transcorreu na mais absoluta tranqüilidade, harmonia e muita paz. Graças ao empenho da Guarda Municipal de Ipu e da Polícia Militar do Estado do Ceará. Apesar das estatísticas darem conta de quase duas mil pessoas no evento, não foi registrado nenhum episódio que necessitasse da intervenção das forças públicas. Pelo contrário, a noite foi só alegria e muita animação!

Particularmente, foram diversos momentos de muita emoção para mim: fotos com os artistas no camarim, bate-papo sobre samba, ocasião em que contei ao Benito e ao velho Mornarco sobre meus programas de rádio: “Sábado de Samba” e "Programa do Boris", nos quais as músicas de ambos são uma constante, etc.



Ricardo Aragão e Benito di Paula


Ricardo Aragão e Monarco



Outra ocasião muito especial foi quando a AFAI fez uma homenagem ao meu querido e saudoso pai, Boris, entregando a Comenda de Prata à família, um gesto que muito nos honra e pelo qual agradecemos imensamente à AFAI. Aliás, Festa do Reencontro é a cara do meu velho, pois ele foi um dos idealizadores e fundadores da AFAI, pela qual sempre lutou e defendeu. Um momento inesquecível para mim, até pela situação inusitada, foi quando o cantor Benito di Paula chamou ao palco minha sobrinha e afilhada Mariana (filha de meu irmão André), que o acompanhou durante uma de suas canções, inclusive chegou a “dividir” o piano com o artista, tocando a quatro mãos com Benito di Paula. É mole?! Isso nos encheu de orgulho. E, corujisse à parte, a Mariana estava mesmo deslumbrante!



Benito di Paula e Mariana Aragão



Depois da belíssima apresentação de Benito di Paula, foi a vez da Velha-Guarda da Portela, capitaneada pelo grande Monarco, um dos ícones do verdadeiro samba de raiz! Monarco e seus companheiros portelenses foram simplesmente contagiantes! Os coroas estão em plena forma, viu?! Não houve quem não arriscasse uns passos de samba no meio daquela praça!

Pra encerrar a noitada, o Grupo Choro Feliz, formado por artistas ipuenses de grande talento, subiu ao palco e continuou a animação com belíssimas interpretações de chorinhos até quase raiar o dia!



Grupo Choro Feliz



Sem dúvida alguma, a 14ª Festa do Reencontro da AFAI foi a melhor de todas! Até porque, o evento vem num crescente paulatino ao longo dos anos. Mas, em virtude de tanta perfeição, é difícil imaginar que haja outra assim.

A estrutura de barracas, banheiros químicos, palco, bares, camarins, e uma enorme tenda que ocupou toda a parte central da praça, foi impecável!



Estrutura da Festa do Reencontro



Tamanho sucesso não teria sido possível sem as imprescindíveis parcerias firmadas com a AFAI:

O Governo do Estado do Ceará, proporcionou os cachês dos artistas nacionais; a Prefeitura Municipal de Ipu entrou com a logística: entre acomodação dos artistas, parte estrutural de palco, luz e som, a tenda central e as barracas de artesanato; o SEBRAE participou com o treinamento dos representantes dos bares e restaurantes que atuaram no evento e as barracas de bebidas e comidas. A AILCA, Academia Ipuense de Letras, Ciências e Artes, organizou o I Concurso Cultural, que premiou o autor da melhor redação sobre Patrimônio Histórico do Ipu com viagens de ida e volta a Ouro Preto/MG. E, finalmente, o empenho pessoal de dezenas de colaboradores que se engajaram com esmero para a realização dessa festa.

A AFAI, os parceiros, os colaboradores... todos estão de parabéns! Mas principalmente o público que esteve na 14ª Festa do Reencontro e que pôde sentir na pele as tantas emoções vividas no Quadro da Igrejinha naquela memorável noite!!!


Eu jamais esquecerei!




Ricardo Aragão
Janeiro, 2010



Redação e Edição:
Ricardo Aragão

Fotografia:
Marcelo Delfin


.

6 comentários:

Talita disse...

Ricardinho, você transmite uma emoção tão forte e verdadeira que acaba contagiando a gente!
Eu estive presente numa parte do show do Benito, mas agora me arrependo de não ter ficado até o fim da banda Choro Feliz!!!
Pra mim também é uma satisfação ver O Encontro da AFAI fazendo sucesso!!!
Um beijo, meu primo!

Raimundo Josino Pontes disse...

Parabéns, amigo! Vc. só não ser´s um grande repórter, se não quiser mesmo...

Abração!

Josino

Airton Soares - "AS" disse...

Confrade Ricardo, parabéns pela matéria.Não fica nada a dever (diagramação, fotos, ...) às reportagens da grande mídia.
.
.
E ainda tem +...a presença no texto de forte emoção, como disse Talita.

Grande abraço
AS

Júlio Gomes Martins disse...

Prezado Ricardo, usando da lógica você antecipou os pedidos de informações, sobre a 14ª festa da AFAI, dos admiradores de seus relatos e reportagens sobre os eventos do Ipú em seu blog. Parabéns em primeiríssimo lugar à Diretoria da AFAI. O governo atual de Ipú vem exergando a magnitude dessa festa para a evolução cultural e publicitária da nossa cidade. A isso chamam de visão empresarial em turismo.Creio que Benito di Paula, Monarco e os músicos da velha guarda do samba carioca, jamais irão esquecer o Ipú. Espero que em suas andanças falem sobre a festa do Ipú e da AFAI, posto que o Ipú e o Rio de Janeiro têm em comum o mesmo padroeiro ,o Mártir São Sebastião. Assim como em Brasília, o Rio tem muitos ipuenses. Em Vitória, no Espírito Santo também têm alguns Ipuenses e alguns descendentes de Ipuenses, como meus filhos brasilienses e netos capixabas. Caro Ricardo, imagine se os filhos e descendentes de Ipú resolvessem voltar,o trem iria pegar fogo com tanta gente com sotaques e costumes diferentes.

Valdecy Alves disse...

Visite o meu blog: www.valdecyalves.blogspot.com e leia poesia vencedora de concurso homenageando o Estado do Ceará, Brasil. intitulada: CANTO AO CEARÁ. Coletânea lançada em 21 de janeiro de 2010. A partir do meu blog pode acessar páginas de outras poesias de minha autoria e vários documentários postados em minha conta no youtube. Grato!

Dalinha Catunda disse...

Olá Ricardo,
Através de suas palavras sente-se o que foi o encontro.

Infelizmente mais um vez, não foi possivel participar. Acho que tenho que rezar mais para São Sebastião.
Mas fico feliz com sua alegria e encantada com seu texto.
Um abraço,
Dalinha